ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA JARDIM SANTA MÔNICA

Imagem Home

NOTÍCIAS


  

INFORME SOBRE AS ELEIÇÕES NA ACOJAR


No dia 14 de Abril de 2021, às 19:30 horas foi realizada uma Assembléia Geral virtual para eleger a nova Diretoria da ACOJAR, que tomará posse nesta segunda feira, dia 19 de Abril.

Clique aqui para acessar o PLANO ANUAL DE ATIVIDADES - Gestão 2021/2023.

 

 

IMG 20210305 WA0008
 
 
 
O CAMPO DE FUTEBOL SUÍÇO VOLTOU A FUNCIONAR!
O campo de futebol suíço da Acojar passou por um bom trabalho de manutenção para oferecer mais segurança de uso e já está em funcionamento. Temos vários horários ainda em aberto, é só telefonar para agendar. (48-3234-4846 / 99103-7241) Falar com Hamilton.
 
 
 
 
BRECHÓ "AMIGOS DA ACOJAR"
Está marcado para o próximo dia 22/03 , prolongando-se até o dia 28/03 um Brechó diferente que oferecerá ítens bem diversificados. Através deste evento  se espera conseguir ajuda financeira para a Acojar. Devido à pandemia, nossa associação ficou proibida, por decretos das autoridades, de continuar atividades que eram a fonte principal de valores para a manutenção da mesma.
Para este Brechó pedimos a colaboração de todos vocês: sócios e amigos da Acojar (moradores ou não de nosso bairro Santa. Mônica) a fim de doarem itens como: roupas, acessórios, eletrodomésticos, enfeites e utilitários para casa (talheres, pratos, bandejas, xícaras, panelas, etc.), móveis (cadeiras, banquetas, mesinhas, etc.), antiguidades, brinquedos, etc.
As doações deverão ser entregues na semana anterior ao brechó na secretaria da associação.
O brechó será realizado no salão 2 da Acojar no horário das 9 às 17 hs de 22 a 28/03/21, com todos os cuidados necessários estabelecidos pelos decretos das autoridades.
Agradecemos antecipadamente a todos e pedimos que nos ajudem a divulgar!
 
 
 
 
ACOJAR SOLIDÁRIA
Mais uma vez os componentes do Conselho Diretor da Acojar conseguiram arrecadar um valor importante para comprar e doar alimentos destinados às famílias carentes moradoras do Morro do Quilombo. Desta vez foram doadas 24 caixas de leite (288 litros) que ajudaram a compor cestas básicas para 50 famílias desta comunidade próxima ao Bairro Santa Mônica, em parceria com o Serviço Social da Paróquia da Santíssima Trindade.
 

 

 IMG 20210217 WA0019 IMG 20210217 WA0021 
 

 

 

CARTA ABERTA À COMUNIDADE


 

Carta Aberta aos Associados, Usuários e Amigos da ACOJAR


O ano de 2020 já entrou para a história. A pandemia do COVID-19 alterou a rotina do mundo todo. E na ACOJAR não foi diferente, prejudicando muito o dia-a-dia da Associação.

As fontes de receita da ACOJAR sempre foram baseadas na anuidade dos associados, arrendamento de espaço para outdoor e nas contribuições de terceiros para atividades de convívio social:

  • utilização dos espaços para festas e reuniões;
  • o campo de futebol;
  • a tradicional festa junina e
  • o restaurante.

Essas receitas eram utilizadas para o custeio da ACOJAR: manutenção dos equipamentos (campo de futebol, quadras esportivas, parquinho, salão 1 e 2, churrasqueira), da área física (poda e roçada da vegetação), salários e encargos dos três  funcionários, água e luz, vigilância eletrônica, telefone, internet, serviços de terceiros, entre outros.

Porém, essas receitas deixaram de existir a partir de 17 de março de 2020, quando todas as atividades de convívio social foram proibidas como medida de segurança sanitária, em função da Pandemia COVID-19.

Além disso, apenas 25% do total de associados estão em dia com o pagamento da anuidade de 2020.

A realidade é que, sem essas receitas, a associação passou a ter muita dificuldade em manter as contas em dia.

Vale ressaltar que a ACOJAR não pôde sediar a Zona Eleitoral, que foi transferida para local próximo, pela iminente possibilidade de corte de água e luz no dia do pleito.

 

Vislumbramos como fonte de receita certa, o retorno das atividades do campo de futebol suíço. Por isso a ACOJAR priorizou os reparos necessários no gramado, alambrado, redes e refletores para reabertura ao público de forma  segura, o que envolveu mais despesas. 

Para piorar mais a situação, a ACOJAR foi envolvida numa ação trabalhista de empresa terceirizada, contratada para gerenciar os usuários do campo de futebol. Nesta ação, a ACOJAR foi considerada ré subsidiária, uma espécie de fiadora. Essa condenação motivou o bloqueio da conta bancária da Associação, o que impossibilitou a ACOJAR de utilizar sua conta por um tempo.

Então, resolver este problema passou a ser prioridade, o que já foi encaminhado junto ao Tribunal Regional do Trabalho e a ACOJAR já voltou a operar sua conta bancária.

A ACOJAR precisa, mais do que nunca, da compreensão dos seus associados, usuários e amigos, para que possamos atravessar essa grave crise financeira.

Desta forma, gostaríamos de sensibilizar os associados para se engajarem num “MOVIMENTO PRÓ ACOJAR”, com a quitação da anuidade de 2020 e também a quitação da anuidade de 2021.

E, num esforço conjunto, num gesto de amor à ACOJAR, que tantos benefícios trouxe ao Bairro Santa Mônica ao longo de sua história de 44 anos, onde criamos nossos filhos e onde nossos netos poderão continuar a usufruir, seriam muito bem vindas doações financeiras em prol desta outrora pungente associação comunitária.

Agradecemos a compreensão de todos e estamos à disposição para esclarecimentos que se fizerem necessários.

Respeitosamente,

Conselho Diretor da ACOJAR

Secretaria da ACOJAR: (48) 3234 4846 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

ATIVIDADES SUSPENSAS NA SEDE DA ACOJAR


Desde março/2020 todas as atividades oferecidas pela associação estão proibidas pelas autoridades públicas devido à pandemia causada pelo Novo Corona Vírus, o que desestabilizou a associação financeiramente. No caso específico do campo de futebol suíço, a dificuldade maior para a retomada de seu funcionamento está na necessidade de manutenção da quadra, redes, alambrado e refletores, além da falta de condições financeiras para contratação de funcionário que execute e faça cumprir os procedimentos de saúde, exigidos pelos Decretos Municipal e Estadual, que dispõem sobre medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da infecção pelo COVID-19. Atualmente a ACOJAR está numa campanha para sensibilizar seus associados, usuários e simpatizantes, para arrecadação emergencial de doações financeiras. Em função destes problemas, 2 dos 3 funcionários da ACOJAR estão no auxílio emergencial do Governo Federal e o único funcionário que está trabalhando teve seu horário de expediente reduzido para 6h/dia. Não deixe de fazer seu pagamento da anualidade de 2020, pagamento antecipado da anualidade de 2021, ou doações financeiras voluntárias. Procure a secretaria para obter mais informações.

 

As atividades na Acojar podem ser feitas desde que respeitadas as normas sanitárias vigentes.

 

 

ACOJAR SOLIDÁRIA


Diante das dificuldades causadas pelo isolamento de pessoas e outras medidas tomadas pelas autoridades públicas devido à pandemia, a diretoria da ACOJAR tem feito campanhas mensais de arrecadação de recursos financeiros para aquisição de alimentos não perecíveis e materiais de higiene. Estes são enviados a 120 famílias do Morro do Quilombo/Itacorubi, região carente mais próxima de nosso bairro, cadastradas junto à Assistência Social da Paróquia da Santíssima Trindade. Esta tem sido uma bonita parceria.

 

 Ao Solidria 01  Ao Solidria 03  Ao Solidria 02
 Ao Solidria 04  Ao Solidria 05 Ao Solidria 06 

 

 

FÓRUM DA BACIA DO ITACORUBI (FBI)


O Fórum foi criado no ano de 2009, e reúne entidades que representam os moradores de bairros que compõem a Bacia do Itacorubi, quais sejam:

Bairro Santa Mônica

Associação Comunitária do Jardim Santa Mônica – ACOJAR

Bairro Itacorubi

Associação do Bairro Itacorubi- ABI

Conselho Comunitário do Parque São Jorge – CONJORGE

Associação de Moradores da Vila Ivan Matos e Adjacências – AMOVIM

Bairro Córrego Grande

Conselho Comunitário do Córrego Grande – CCCG

Conselho Comunitário dos Jardins Flor da Ilha, Anchieta e Germânia – CONFIA

Associação de Moradores do Sertão do Córrego Grande – AMOSC

Bairro Carvoeira

Conselho Comunitário Jardim Cidade Universitária – CONJARDIM

Associação Mobilidade por Bicicleta e Modos Sustentáveis - AMOBICI

 

Nestas eleições, o Fórum da Bacia do Itacorubi enviou “Carta Aberta” aos(as) candidatos(as) a Prefeito(a) da cidade de Florianópolis, com reivindicações prioritárias da região. Alguns exemplos do apoio do FBI nesta luta corajosa e permanente em prol da sustentabilidade e conservação da natureza:

 

1 – Adequação Parque Municipal do Manguezal do Itacorubi – PMMI ao Sistema Nacional de Unidades de Conservação – SNUC, com implantação do Conselho Gestor, para elaboração do Plano de Manejo do Parque;

2- Defesa da categorização da área do Parque Ecológico do Córrego Grande como Parque Urbano e doação definitiva desta Área Verde de Lazer de 21 hectares ao Município, a fim de garantir que a área continue a ser de uso público e de conservação ambiental;

3- Criação do Parque do Jacaré/Santa Mônica e desapropriação da área: este Parque é uma medida compensatória ainda não cumprida do Termo de Ajuste de Conduta – TAC, firmado em 2006 pelo MPF com o Shopping Iguatemi e a Prefeitura Municipal. É preciso garantir os recursos financeiros para a aquisição/desapropriação da área privada que se localiza lindeira ao Rio Sertão, na entrada do bairro Santa Mônica, e tornar realidade esse Parque Urbano, que é um corredor ecológico que conecta a UC do Parque Natural Municipal do Maciço da Costeira –PNMMC à UC do Parque Municipal do Manguezal do Itacorubi.

4- Concluir a obra de revitalização da Av. Madre Benvenuta: concluir o projeto da PMF, com a efetivação das outras duas entradas previstas para o bairro. Na prática, só existe uma entrada ao bairro que é pela Rua Byron Barcelos, deixando todo o trânsito estrangulado atrás do Supermercado Angeloni. Precisamos voltar a ter a entrada principal pela Avenida Madre Benvenuta.

5- Ligação ciclopedonal em nível entre os bairros Santa Mônica e Trindade, na altura da atual Av. Madre Benvenuta, a qual é entrecortada pela Av. Prof. Henrique da Silva Fontes (Beira Mar Norte); ou adequar a atual passarela para ter acessibilidade.

6- Demarcar as Áreas Verdes de Lazer - AVL da antiga Área Comunitária Institucional da ASTEL no Mapa de Microzoneamento do Plano Diretor de 2014 (LC 482/2014): o FBI realizou estudos que comprovam a existência de duas AVLs sobrepostas à APP ocupada por particular, às margens da Av. Madre Benvenuta, cuja ocupação irregularidade é objeto da ACP nº 5057132-17.2020.8.24.0023, recentemente movida pelo MPSC/28ª Promotoria de Meio Ambiente. A primeira AVL é originária do Loteamento Jardim Santa Mônica, aprovado em 1970. A segunda AVL é originária de alteração de zoneamento de ACI para AMC-2, em 2004, sob a vigência da LC 001/97. Tais AVLs nunca foram demarcadas nos mapas de microzoneamento dos três últimos Planos Diretores Municipais, sendo que atualmente a referida área, que também é APP de 30 metros do rio, está classificada como AMC 6.5 no Plano Diretor de 2014, permitindo a edificação de até 6 andares.

7- Implementar Rede cicloviária da Bacia do Itacorubi para proporcionar segurança viária, linearidade, conexão, coerência, conforto e atratividade no uso deste modal. A rede cicloviária seria composta por:

7.1- Ciclovia do Parque Linear do Córrego Grande - PLCG: conexão por ciclovia dos bairros Córrego Grande, Itacorubi e Jardim Santa Mônica. Obs: falta construir a ciclovia do PLCG, no Trecho 3 (entre a Av. Madre Benvenuta e a Rua João Pio Duarte Silva) e as 4 passarelas para pedestres e ciclistas, previstas no projeto do Parque Linear.

7.2- Ciclovia do Jardim Botânico: projetada.

7.3- Ciclovia no entorno do Parque Municipal do Manguezal do Itacorubi: já executada.

7.4- Ciclovia Via Mangue: elaborar estudo para construção de ciclovia/passeio beirando o Manguezal/Santa Mônica, conectando com a Ciclovia do Jardim Botânico (projetada).

7.5- Ciclovia pelo canal de ligação entre o Rio Sertão e Rio Itacorubi: elaborar estudo para construção da ciclovia nas margens deste canal/rio.

7.6- Rede cicloviária da UFSC

 

Reunio FBI na Acojar

 Reunião do FBI, na sala de reuniões da diretoria da ACOJAR

 

R. Neri Cardoso Bitencourt, 505 - Santa

Mônica, Florianópolis - SC

 

 © 2021 ACOJAR

Associação Comunitária Jardim Santa Mônica

Todos os direitos reservados

 

Tel: (48) 3234-4846


pinpng.com facebook icon white png 81201
 

 

 

 

 

Website desenvolvido por Logomarca TecnoHelp Tecnologia

 

 

Please publish modules in offcanvas position.